Sinopse de imprensa ¿ Kassab usa máquina da prefeitura para influir em pesquisa Datafolha

SÃO PAULO ¿ O prefeito de São Paulo e candidato a reeleição, Gilberto Kassab (DEM) usou a máquina pública da prefeitura para tentar influir em pesquisa Datafolha, mostra reportagem da ¿Folha de S. Paulo¿. Na estatística mais recente da pesquisa sobre a sucessão paulistana, Kassab aparece em terceiro lugar, com 11%, atrás de Marta Suplicy (PT), com 36% e Geraldo Alckmin (PSBD), com 32%.

Redação |

Um e-mail obtido pelo jornal mostra que, a partir dos resultados divulgados na noite de quinta-feira (24), Kassab enviou mensagens a 26 subprefeitos pedindo que, no dia seguinte, realizassem ação uma vez identificando o ponto onde os entrevistadores do instituto abordariam os eleitores.

O prefeito, que confirmou ter mandado o e-mail, disse que se tratou de uma ação preventiva para evitar maldades. Kassab negou que o objetivo tenha sido melhorar seu desempenho na pesquisa, na qual perdeu dois pontos.

De acordo com o jornal, os auxiliares do prefeito teriam conhecimento de que pessoas ligadas ao PT costumam provocar tumultos de trânsito e outros em locais próximos aos visitados pelos profissionais do Datafolha de modo a prejudicar a percepção do público a respeito das políticas adotadas na gestão Kassab.

O diretor de pesquisa do instituto, Alessandro Janoni, disse que Kassab deveria ter procurado a Justiça Eleitoral ao invés de ter adotado as mesmas práticas.

Leia mais sobre: Eleições São Paulo

    Leia tudo sobre: sp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG