Sinopse de imprensa - Justiça bloqueia fundo de Dantas com R$ 535,8 mi

A Justiça Federal de São Paulo determinou o bloqueio de um fundo de investimento de R$ 535,8 milhões que pertencem ao banqueiro Daniel Dantas, investigado na Operação Satiagraha, e a outras quatro pessoas ligadas a ele. As informações são do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira.

Redação |

Segundo a publicação, o pedido de seqüestro do valor partiu do procurador Rodrigo de Grandis, do Ministério Público Federal, que foi alertado pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) sobre operações do Grupo Opportunity, de Dantas, consideradas "irregulares no mercado financeiro".

A aplicação pertence a Dantas, à irmã dele, Verônica, à mulher, Maria Alice, ao presidente do Opportunity, Dório Ferman, e ao administrador Norberto Aguiar Tomaz -todos, exceto Maria Alice, foram indiciados pela Polícia Federal sob a acusação de formação de quadrilha e de gestão fraudulenta na administração do Opportunity Fund, no paraíso fiscal das ilhas Cayman.

Ainda de acordo com o jornal, o advogado Nélio Machado, que defende Dantas e o Opportunity, afirmou que o dinheiro tem origem declarada, limpa, e que a operação de transferência cumpriu todos os requisitos legais, foi inclusive anunciada em forma de comunicado em jornais de circulação nacional.

Leia mais sobre: Daniel Dantas

    Leia tudo sobre: daniel dantasoperação satiagraha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG