Sinopse de imprensa - Judiciário faz União pagar reparação bilionária a juízes

Uma medida administrativa do Conselho da Justiça Federal abriu caminho para uma reparação bilionária que a União terá de pagar para várias instâncias do Judiciário que reclamam o pagamento atrasado de auxílio-moradia nos anos 90. As informações são do jornal Folha de S. Paulo desta sexta-feira.

Redação |

Segundo a publicação, por meio de medida administrativa em março, o conselho concedeu a todos os juízes federais do País o pagamento de auxílio-moradia retroativo ao período que vai de setembro de 1994 a dezembro de 1997.

A medida valerá mesmo para quem morava na mesma cidade em que trabalhava e para os já extintos juízes classistas.

Ainda de acordo com a "Folha", somente para os magistrados trabalhistas a soma das parcelas que seriam devidas custará mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, tomando por base o valor médio de R$ 350 mil que deverá ser pago a desembargadores dos 24 Tribunais Regionais do Trabalho existentes no País.

Leia mais sobre: Auxílio-moradia

    Leia tudo sobre: judiciáriounião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG