Sinopse de imprensa: Hospital adota terapia alternativa para tratar câncer

O Hospital Israelita Albert Einstein, localizado na Zona Sul de São Paulo, passou a adotar práticas como meditação, ioga, acupuntura e reiki no tratamento do câncer, segundo o jornal Folha de S. Paulo. O modelo já é usado em instituições internacionais de oncologia e se chama medicina integrativa.

Da redação |

Segundo o cirurgião Paulo de Tarso Lima, responsável pela área de medicina integrativa do hospital, as técnicas são adotadas porque há evidências científicas de que funcionam e não prejudicam a terapia convencional.

A acupuntura, por exemplo, pode reduzir as náuseas causadas pela quimioterapia e aliviar a sensação de boca seca, conseqüência da radioterapia na região da cabeça e do pescoço. Já a ioga alivia a ansiedade, o medo e os pensamentos negativos.

Lima afirma, porém, que usar as técnicas sem a orientação de um profissional é um risco à saúde porque pode prejudicar o tratamento contra o câncer se não for feito de maneira correta.

Leia mais sobre quimioterapia - radioterapia - câncer

    Leia tudo sobre: câncer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG