Em junho e nos três primeiros dias de julho o governo celebrou 1.262 novos contratos, no valor total de R$ 1,261 bilhão, ou 70,2% de tudo o que foi liberado nos cinco meses anteriores. Neste sábado, começa o bloqueio ao repasse de verbas da União para convênios com Estados e municípios. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com a publicação, de primeiro de janeiro a 31 de maio, os convênios somaram R$ 1,794 bilhão.

O levantamento, feito pela assessoria técnica da liderança do DEM no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), mostra que, além de o governo acelerar a assinatura dos convênios, eles ficaram mais robustos.

A média para cada um nos cinco primeiros meses do ano foi de R$ 53 mil, enquanto, na véspera da data conhecida pela burocracia federal como "dia da farra do boi", a média foi de R$ 99 mil por contrato.

Ainda de acordo com o "Estado", a maior parte dos recursos envolve repasses para prefeituras, governos estaduais e entidades como fundações, universidades e organizações não-governamentais (ONGs).

Leia mais sobre: Eleições 2008



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.