Sinopse de imprensa: família Sarney emprega mais nove aliados

SÃO PAULO ¿ A família do senador José Sarney (PMDB-AP) empregou pelo menos mais nove aliados no poder público, como o ex-deputado Chiquinho Escórcio. As informações são do jornal ¿Folha de S.Paulo¿, segundo dados disponíveis na página do Senado na internet.

Redação |


A reportagem afirma que a mulher de Chiquinho Escórcio, Alba Leide Nunes Lima, trabalha no gabinete de Sarney desde março de 2008. A filha de Escórcio, Juliana, foi nomeada recentemente no gabinete de Mauro Fercury (PMDB-MA), que assumiu a vaga de Roseana Sarney no Senado.

Agência Senado
O presidente do Senado, José Sarney

O próprio Escórcio, segundo a folha, foi nomeado por Roseana representante do governo do Maranhão em Brasília. Há dois anos, ele foi acusado de espionar senadores por orientação de Renan Calheiros (PMDB-AL), de quem era assessor especial. Escórcio negou a acusação.

Outros aliados de Sarney que ganharam nomeações foram: Said Dib, assessor de imprensa para o Amapá; Jorge Nova da Costa, seu suplente; Raimundo Azevedo Costa, o ex-presidente do PMDB do Amapá; Wilson Ramos Neiva, o ex-secretário estadual no Maranhão; Marilia Lameiras, a também ex-secretária do governo do Maranhão; Luiz Carlos Bello Parga Júnior, filho do ex-senador maranhense Bello Parga; e Antônio Leonardo Gomes Neto, executivo do Sistema Difusora de Comunicação.

A assessoria de imprensa de José Sarney afirmou que todos os nomeados são pessoas extremamente qualificadas.

Leia também:


Leia mais sobre Sarney

    Leia tudo sobre: sarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG