Sinopse de imprensa - Faculdade no ABC aprova pesquisa com inibidor sexual em pedófilos

O Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina do ABC, em Santo André (Grande São Paulo), aprovou um projeto de pesquisa sobre o uso de medicamentos em pedófilos, a chamada castração química, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

De acordo com a publicação, o tratamento com hormônios femininos tentam reduzir o desejo sexual em pessoas com histórico de pedofilia, e tem efeito temporário.

O projeto foi apresentado depois que o professor-assistente de psiquiatria da faculdade, e doutor pela USP, Danilo Baltieri, declarou ao jornal "O Estado de S.Paulo", em outubro, que administrava hormônios a um pedófilo -com autorização por escrito do próprio doente.

De acordo com a "Folha", o Cremesp (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) abriu um procedimento sobre o caso após a publicação, que ainda não está concluído.

Leia mais sobre: pedofilia

    Leia tudo sobre: pedofilia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG