Sinopse de imprensa: Explode nº de cirurgias de obesidade

Mais de 550 brasileiros se submetem a cirurgias de obesidade por, o que representa um terço das lipoaspirações - uma das mais realizadas no País. Nove em cada dez operações bariátricas são feitas pela rede particular. As infromações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Redação |

O procedimento pode salvar vidas por livrar um obeso de continuar engordando e contrair doenças como diabete e hipertensão arterial. Apesar disso, nem todas as cirurgias são corretamente indicadas. Médicos operam sem necessidade e chegam a ganhar R$ 100 mil, adotando técnicas não autorizadas pelo Conselho Federal de Medicina. Pacientes engordam para que seus planos cubram o tratamento. Cirurgias têm de ser revertidas.

Essa operação não é uma especialidade médica, que faz com que um  cirurgião de qualquer outra área possa fazê-la. Como nas plásticas, as bariátricas contam com empresas especializadas em financiar o pagamento.

O Brasil tem, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), 3,7 milhões de obesos mórbidos. Para eles, dieta controlada, esportes e até remédios deveriam vir antes. Se no acompanhamento médico o paciente não consegue perder peso, a cirurgia pode ser a única solução.

Leia mais sobre obesidade

    Leia tudo sobre: obesidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG