Sinopse de imprensa - Estradas paulistas têm só 1 bafômetro a cada 290 km

A Polícia Rodoviária Estadual conta com 82 bafômetros para fiscalizar 24 mil quilômetros de estradas estaduais em São Paulo, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo desta quinta-feira.

Redação |

De acordo com a publicação, até sexta, no entanto, eram apenas 20 os aparelhos disponíveis nas estradas. Nessa data, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) forneceu 62 novos bafômetros à polícia.

Cada bafômetro custa, em média, R$ 7 mil, segundo a Polícia Militar de São Paulo.

Desde a última sexta, é ilegal dirigir com concentração a partir de dois decigramas de álcool por litro de sangue (ou 0,1 mg de álcool por litro de ar).

Ainda de acordo com o jornal, na capital, a Polícia Militar usa 14 bafômetros em seus comandos de fiscalização. Até o fim do mês, outros 45 aparelhos devem passar a ser usados.

Segundo a reportagem, para fiscalizar 61 mil quilômetros de rodovias, a Polícia Rodoviária Federal conta com 500 bafômetros, que ficam nos 400 postos. Descontados os aparelhos que vão para manutenção, isso significa um aparelho a cada 150 km.

Leia mais sobre álcool e automóveis


    Leia tudo sobre: leitransitoálcool

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG