O período de lentidão da manhã e do horário do almoço em São Paulo tem se prolongado, em média, 15% ao ano. Em 2013, os picos deverão estar bem próximos, em um congestionamento praticamente contínuo. A previsão desanimadora é resultado de uma pesquisa da Fundação Dom Cabral, de Minas, realizada entre 2004 e 2007, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

    Durante quatro anos, o engenheiro responsável pela pesquisa, Paulo Resende, e uma equipe de engenheiros cronometraram o horário de pico em quatro vias da cidade - Avenida dos Bandeirantes, 23 de Maio, Marginais do Tietê e do Pinheiros.

    De acordo com a publicação, o congestionamento da manhã na Avenida dos Bandeirantes levava 1h30 para se dissipar em 2004. No ano passado, já eram 2h35.

    Na 23 de Maio, a lentidão passou de 1h15 para 2h10. A situação na Marginal do Tietê, que já era preocupante, piorou: as 2 horas evoluíram para 2h43. Na Marginal do Pinheiros, o congestionamento passou de 1h35 para 2h10.

    Segundo Resende, "A distância entre o fim de uma lentidão e o início da outra é de 1h30, em média", disse. "Daqui a 5 anos, quem sobrevoar as principais avenidas de São Paulo observará a mesma situação das 7 às 19 horas."

    Leia mais sobre: trânsito


      Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.