Sinopse de imprensa - Em 8 anos, prisões têm 77% mais mulheres

Nos últimos oito anos, a população carcerária feminina cresceu num ritmo 75% acima da masculina, segundo dados do Depen (Departamento Penitenciário Nacional). O número de mulheres encarceradas saltou de 14,6 mil, em 2000, para 25,8 mil, em 2007, avanço de 77%. As informações são do jornal Folha de S. Paulo desta segunda-feira.

Redação |

De acordo com a publicação, no mesmo intervalo, o número de presos também cresceu, só que numa menor escala. Avançou de 275,9 mil para 396,5 mil, um salto de 44%.

No ano passado, em relação a 2006, o avanço das mulheres (12%) foi 147% superior ao dos homens (5%). Mantido esse ritmo, a população feminina em penitenciárias, presídios, cadeias e delegacias atingirá a casa das 100 mil em 2019.

Ainda segundo informações do jornal, em dezembro de 2007 o País contava com 55 unidades específicas para mulheres, entre as quais 35 penitenciárias e 11 presídios. Das 25,8 mil presas, 30% delas (7.791) estavam em delegacias ou em cadeias públicas.

Leia mais sobre: Presídios


    Leia tudo sobre: presospresídios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG