Sinopse de imprensa - Atos que escondem muito mais

RIO DE JANEIRO - Os atos secretos no Senado não encobriram apenas irregularidades na contratação de pessoal, mas também decisões administrativas para beneficiar os próprios senadores e funcionários graduados da Casa. Segundo informações do jornal O Globo desta segunda-feira, a comissão de sindicância descobriu que os documentos sigilosos esconderam de reembolsos médicos exagerados e fora do padrão até reformas de apartamentos funcionais.

Redação |

De acordo com a publicação, a cozinha de apenas um desses apartamentos foi repaginada por mais de R$ 100 mil. Teria sido emitida também uma farra de impressão de livros e publicações na gráfica do Senado e outra na emissão de passagens aéreas internacionais.

Nos mais de 600 atos, há contratações de pessoal em diversos gabinetes, além dos da família Sarney, e muitos encaminhamentos administrativos.

Conforme a primeira de uma série de reportagens publicadas sobre o assunto, um levantamento feito por técnicos do Senado, a pedido da Primeira-Secretaria, detectou decisões que não foram publicadas, muitas delas adotadas há mais de dez anos.

Veja também:

Leia mais sobre: Senado

    Leia tudo sobre: ato secretosenadosenadores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG