Sinopse de Imprensa: além de Dilma, Lina teria se reunido com Mantega, diz revista

De acordo com a edição desta semana da revista Veja, existe um terceiro personagem envolvido no caso do suposto encontro entre a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim do ano passado. É o ministro da Fazenda, Guido Mantega, chefe direto de Lina Vieira nos onze meses em que ela ocupou o cargo e responsável por sua demissão, há um mês, sem nenhuma justificativa pública.

Redação |


Na semana passada, em depoimento ao Senado, a ex-secretária repetiu que foi chamada para uma reunião com a ministra no Palácio do Planalto e lá recebeu um pedido para agilizar as investigações que a Receita Federal fazia sobre os negócios da família Sarney.

De acordo com a revista, Uma hipótese a ser investigada é a de que Dilma só teria entrado em ação depois de uma falha no canal natural para obter o efeito desejado pelo Palácio do Planalto ¿ o ministro da Fazenda, Guido Mantega. 

Reprodução

Lina em depoimento na CCJ na terça-feira

A revista afirma que foi descoberto que esse canal foi acionado, mas sem que se produzissem os resultados esperados. Mantega teria chamado a ex-secretária em seu gabinete e pedido detalhes sobre o caso dos Sarney. O ministro teria justificado seu interesse sem rodeios, informando a Lina que a investigação estava preocupando o Palácio do Planalto. Mantega teria encerrado a conversa sem pedir nem sugerir nenhuma ação à secretária Lina. Por meio de sua assessoria, o ministro Guido Mantega confirmou o encontro com Lina Vieira.

No entanto, a ex-secretária negou ter tratado desse assunto em encontro com seu superior, Guido Mantega. A revista afirma que uma pessoa próxima à ex-secretária diz que ela omitiu aos senadores seu encontro com o ministro Mantega por uma questão de lealdade. Lina teria visado a proteger o ministro, com quem tem ótimas relações e que foi apontado pelo Planalto como responsável direto pela confusão.

Leia mais sobre: crise no Senado

    Leia tudo sobre: dilma rousseffguido mantegalina maria vieirasarney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG