Sinopse de imprensa: Adolescente de 14 anos é suspeito de ter matado ginecologista

Um adolescente de 14 anos é apontado pela polícia como o suspeito de atirar na médica ginecologista Nadir Oyakawa, 53, na noite de sexta-feira, dia 12, em Rio Pequeno (zona oeste de SP). O jovem de 14 anos e outros dois envolvidos estão foragidos. As informações são do jornal ¿Folha de S. Paulo¿.

Redação |

Acordo Ortográfico

A Polícia Militar deteve os três perto da casa da vítima, menos de meia hora depois do crime. Como era madrugada, os policiais apontaram o farol do carro contra os suspeitos e pediram que a parente da vítima, de 19 anos, fizesse o reconhecimento deles; a jovem não os identificou no momento.

Os PMs anotaram os nomes deles, fizeram uma foto com celular e liberaram o trio.

Mais tarde, por foto, a mesma testemunha reconheceu um dos jovens antes detidos como o que atirou na médica. Ela teve dúvida sobre os outros dois.

Segundo o delegado Marcos Carneiro, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), a atitude correta por parte da PM seria levar os três suspeitos até a delegacia para que o reconhecimento fosse feito lá. Já a PM diz que a conduta seria abusiva, porque a testemunha não o identificou e não havia indícios da participação deles no crime.

O rapaz reconhecido pela testemunha já tem passagem pela antiga Febem.

Leia mais sobre: assassinatos

    Leia tudo sobre: assassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG