Sinopse da imprensa - PF já sabe que Protógenes despachava na Abin

BRASÍLIA - A corregedoria da Polícia Federal (PF), que investiga o trabalho da Operação Satiagraha, descobriu mais uma faceta da aliança do delegado Protógenes Queiroz com os arapongas da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Redação |

Segundo depoimentos colhidos pelo delegado Amaro Vieira Ferreira, da corregedoria, Protógenes despachou várias vezes na sede da Abin, em Brasília, durante o tempo em que comandou a Satiagraha.

A operação investigou indícios de lavagem de dinheiro e outros crimes financeiros, como evasão de divisas e formação de quadrilha, além de tentativa de suborno de um delegado da PF. No dia 8 de julho, com autorização judicial, a Satiagraha prendeu 17 pessoas, entre elas o banqueiro Daniel Dantas.

Veja também:

  • Polícia Federal refaz todo o inquérito da Satiagraha, diz Tarso
  • Segunda parte da Satiagraha já está concluída, diz Tarso
  • Tarso diz que PF vai resguardar documentos apreendidos na Abin
  • Protógenes violou senhas para Abin fazer grampo, diz PF
  • Defesa de Protógenes pede cópia de inquérito
  • Hotel no centro de SP foi usado para Operação Satiagraha
  • Punição exagerada pode desestimular grandes operações
  • Leia mais sobre: Satiagraha

      Leia tudo sobre: operação satiagraha

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG