já aguardava ação no Tribunal Superior do Trabalho - Brasil - iG" /

Sindicato dos correios já aguardava ação no Tribunal Superior do Trabalho

BRASÍLIA - O Sindicato dos trabalhadores dos correios que informou que ¿já estava aguardando¿ que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) entrasse no Tribunal Superior do Trabalho (TST) com uma ação contra a greve dos trabalhadores dos correios, que acontece desde o dia 1º de julho. Segundo Amanda Gomes, do Sindicato, ¿estamos tranqüilos em relação à isso, temos um termo assinado pelo ministro das Comunicações, que garante nossos benefícios¿.

Redação |

Nesta quinta-feira, a ECT informou que fará um pedido de declaração de abusividade do movimento da greve e não negocia mais com o sindicato. Para a empresa, o sindicato radicalizou o movimento, já que as reivindicações já foram atendidas. O adicional de periculosidade pedido teria sido dado com outro nome, o adicional de atividade, com um valor fixo de R$ 260 para todos os trabalhadores.

Segundo o Sindicato, esta quinta-feira será marcada por passeatas dos grevistas no Ministério das Comunicações e no Palácio do Planalto, em Brasília. Na noite de quarta-feira, o presidente Lula e o ministro das Comunicações Hélio Costa se reuniram com o presidente da ECT, Carlos Henrique Custódio, para negociações. Ainda não foram divulgados os resultados da reunião.

A ECT divulgou, na quarta-feira, comunicado em que informa que vai descontar os dias parados do funcionários que aderirem à greve.
Na nota, a empresa justifica que a decisão foi tomada visando a zelar pelo interesse da sociedade, se vê obrigada a adotar todas as medidas necessárias para a manutenção dos serviços, descontando os dias parados nos salários dos empregados que aderirem ao movimento grevista.

Os carteiros em greve reivindicam que o salário passe dos atuais R$ 603 mensais para R$ 1.119,00 por mês, enquanto a ECT diz que desde o mês passado, com o pagamento do abono adicional, o salário deles subiu para R$ 863,00 por mês. 

Leia também:

    Leia mais sobre: Correios

      Leia tudo sobre: correiosgreve

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG