O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde) iniciou hoje uma paralisação de 24 horas nas atividades nos hospitais públicos baianos. O protesto foi acompanhado por uma manifestação realizada na manhã de hoje na frente da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

O protesto tem como objetivo cobrar do governo modificações no Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos (PCCV). De acordo com o sindicato, 30% dos 29 mil servidores no Estado mantêm o trabalho. Segundo a Secretaria de Saúde da Bahia, não foram registradas anormalidades no atendimento à população.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.