Simon reage com ironia à nova denúncia contra Sarney

BRASÍLIA - O senador Pedro Simon (PMDB-RS) ironizou nesta sexta-feira o fato de o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), mais uma vez ter sido alvo de denúncias veiculadas na imprensa.

Agência Estado |

AE

Fachada do prédio em SP

Fachada do prédio em SP

Ao ser provocado a se manifestar sobre a comprovação de que uma empreiteira comprou apartamentos em São Paulo que estão ocupados por membros da família do peemedebista, conforme publicou hoje o jornal "O Estado de S. Paulo", Pedro Simon brincou com a situação: "Eu nem leio mais essas denúncias. Eu acho que o Sarney é um homem digno, é um homem correto, é um homem que preza pela transparência. Isso aí é inveja dessas pessoas, eu acho que o que tem que se fazer é uma homenagem a Sarney", disse o parlamentar, irônico, provocando risos entre os repórteres.

Questionado se a reportagem poderia servir de base para uma nova representação contra o presidente do Senado no Conselho de Ética, Simon disse que o ideal seria reunir todas as denúncias contra Sarney e encaminhá-las à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Em tom de brincadeira, Simon afirmou que quem deveria fazer isso não seria ele, e sim José Nery (PA), único senador eleito pelo PSol, partido que costuma tomar frente em todos os protestos contra parlamentares envolvidos em denúncias.

Leia mais sobre: Simon - Sarney

    Leia tudo sobre: pedro simonsarneysenado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG