lado B de Dolores Duran - Brasil - iG" /

Shows em SP mostram o lado B de Dolores Duran

Quando alguém anuncia que vai apresentar o repertório ¿lado B¿ de um artista, o que vem à cabeça são canções desconhecidas, de um trabalho menor, cabisbaixo, até triste. Pois com Dolores Duran, que morreu há 50 anos, acontece o oposto.

Agência Estado |

Famosa por interpretar letras dramáticas, de pura fossa, suas canções lado B são animadas e divertidas.

E foi com esse espírito que Izzy Gordon e Denise Duran (sobrinha e irmã de Dolores, respectivamente), acompanhadas das artistas Soraya Revenle, Ithamara Koorax, Pery Ribeiro, Alaíde Costa e Claudette Soares, além do grupo Os Cariocas, aceitaram participar do espetáculo "O Lado B de Dolores Duran". Minha tia era muito divertida. Ela tinha um lado de intérprete pouco conhecido, em que cantava músicas animadas, bem diferentes daquelas que nos acostumamos a ouvir, diz Izzy.

O show começa amanhã e será dividido em três dias. Às 18 horas de amanhã, no Auditório TRT, na Barra Funda, se apresentarão as cantoras Alaíde Costa, Claudette e Izzy. No sábado, na Praça do Patriarca, às 12h30, será a vez de Denise Duran, Pery Ribeiro e Os Cariocas. Já domingo, no Teatro do CCBB, às 13 horas e às 19h30, se apresentarão Soraya e Ithamara. Todos os shows serão gratuitos.

História

Dolores Duran morreu aos 29 anos, em 1959. Nascida no Rio de Janeiro e batizada como Adiléa da Silva Rocha, começou a cantar muito cedo, aos seis anos. Aos 16, adotou o nome artístico e, ouvindo músicas estrangeiras, aprendeu a falar inglês, francês, italiano e espanhol. Em 1957, Dolores se separou do marido e conheceu Tom Jobim, que lhe mostrou uma composição feita em parceria com Vinicius de Moraes. Logo em seguida, ela escreveu a letra de Por Causa de Você. No dia de sua morte, Dolores chegou em casa às 7h e avisou a empregada: Não me acorde. Vou dormir até morrer. As informações são do Jornal da Tarde.

'O Lado B de Dolores Duran' . Shows começam amanhã, às 18 horas, com Alaíde Costa, Claudete Soares e Izzy Gordon, no Auditório TRT: Avenida Marquês de São Vicente, 235, Barra Funda. Telefone: 3113-3651. Grátis. Livre.

    Leia tudo sobre: dolores duran

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG