Show histórico no Rio marca os 50 anos da Bossa Nova

RIO DE JANEIRO - O Theatro Municipal do Rio foi palco, nesta sexta-feira, de um encontro histórico entre os cantores Roberto Carlos e Caetano Veloso. O show reuniu os dois artistas pela primeira vez para homenagear os 50 anos da Bossa Nova e a obra do compositor Tom Jobim.

Redação |

O show contou com a presença de atores, novelistas, jornalistas e

Paulo Botelho
O show celebrou os 50 anos da Bossa Nova
representantes do governo. Durante o espetáculo, algumas imagens foram transmitidas no fundo do palco. Projeções de Jobim ao piano, e do maestro bossanovista cantando Lígia com um Roberto Carlos mais jovem foram alguns dos pontos altos do espetáculo.

Os cantores foram acompanhados por uma orquestra com 21 músicos, além de contarem com duas bandas em suas apresentações individuais. A regência e os arranjos do espetáculo foram feitos pelos maestros Jaques Morelenbaum e Eduardo Lages.

Roberto Carlos e Caetano Veloso abriram o show cantando Garota de Ipanema e fecharam a noite com Chega de Saudade. O repertório do espetáculo contou ainda com clássicos, como Wave, Águas de Março e Samba do avião, entre outros. A dupla volta a se apresentar nos próximos dias 25 e 26, no Auditório do Ibirapuera, em São Paulo. Os ingressos estão esgotados.

Leia mais sobre: Bossa nova - Roberto Carlos - Caetano Veloso

    Leia tudo sobre: bossa novacaetano velosoroberto carlos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG