Shakira faz campanha por crianças pobres

Por Cyntia Barrera Diaz CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A cantora pop colombiana Shakira está usando sua fama para ajudar crianças latino-americanas pobres, mas também está com o coração voltado a um novo papel que quer exercer: mãe de seus próprios filhos.

Reuters |

'Quero dois', disse a beldade à Reuters na quinta-feira, num evento para promover a organização beneficente infantil Fundação ALAS (América Latina em Ação Solidária).

Indagada sobre quando quer ter os filhos, porém, ela riu e desconversou.

Shakira tem 31 anos e há oito anos namora Antonio de la Rúa, filho de um ex-presidente argentino. Multidões de fotógrafos seguem o casal constantemente, atentos para indícios de um possível casamento.

A cantora, que já teria vendido mais de 50 milhões de álbuns em todo o mundo, quer conscientizar as pessoas da pobreza extrema em que vivem milhões de crianças latino-americanas.

Recentemente ela visitou o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, para falar sobre a educação em países pobre e em desenvolvimento e também foi ao Capitólio, em Washington, para exortar os parlamentares a aprovar mais verbas de assistência para a educação das crianças pobres no mundo.

'Há 40 milhões de crianças na América Latina que não têm acesso a qualquer tipo de programa de desenvolvimento, que não recebem nenhum estímulo ou educação e que precisam ser alimentadas e cuidadas', disse ela à Reuters.

'Os artistas têm um poder tremendo de comunicação, de alcançar as pessoas, inspirá-las. É uma parte importante e fundamental de minha vida poder usar meu perfil público para divulgar determinadas problemas -- questões que são mais importantes que minha própria carreira, mais urgentes, que necessitam atenção imediata.'

A organização beneficente de Shakira, Fundação Pés Descalços, vem levantando dinheiro desde 1997 para crianças pobres na Colômbia.

Na quinta-feira, Shakira anunciou que Carlos Slim, o homem mais rico do México, e Howard Buffett, filho do guru dos investimentos americano Warren Buffett, prometeram doar quase 200 milhões de dólares à Fundação ALAS.

Shakira e o cantor espanhol Alejandro Sanz, além de outros artistas latinos, vão fazer um concerto gratuito em Buenos Aires, no sábado, para promover a conscientização da pobreza infantil no continente. Um concerto simultâneo encabeçado pelo espanhol Miguel Bosé terá lugar na praça principal da Cidade do México.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG