Sete dos nove teatros públicos de bairro de São Paulo devem ser restaurados pela administração municipal. ¿O que faltava aos equipamentos públicos era manutenção.

A ideia é que, até o fim do ano, já estejamos na fase final de recuperação de todos os teatros públicos, afirmou o prefeito Gilberto Kassab (DEM). A cidade também deve ganhar mais dois teatros de bairro. Ainda estamos em estudo, mas pensamos em instalá-los na Freguesia do Ó, na zona norte, e na Vila Prudente, zona leste, avalia o secretário municipal de Cultura, Carlos Augusto Calil.

No Cacilda Becker, na Lapa, zona oeste, as obras começaram em março do ano passado. A previsão de término é em junho deste ano. O custo total da reforma chega a R$ 3,3 milhões. É praticamente uma reconstrução, um novo teatro. Do original, só restaram as duas paredes laterais, explica Renato de Oliveira Proença, coordenador do teatro. Segundo ele, desde a abertura, há 21 anos, o espaço já apresentava problemas de vazamento.

Além do Cacilda Becker, outros teatros da capital também devem ser restaurados. As obras do Teatro da Biblioteca Paulo Setúbal, no Aricanduva, na zona leste, começaram em novembro do ano passado e a previsão de término é em maio. O Alfredo Mesquita, em Santana, na zona norte, teve a licitação concluída e as obras devem ser iniciadas em breve. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.