Sete dos nove detidos durante os conflitos na Favela Paraisópolis foram liberados por volta da meia-noite. Outros dois ainda aguardam identificação.

O comerciante Derval Olímpio da Silva, 44 anos, foi atingido no peito por um projétil, agora à noite, no momento em que aguardava a chegada do filho. Ele foi socorrido ao Hospital Albert Einstein. De acordo com a sala de imprensa da Polícia Militar, ele foi atingido por um projétil de borracha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.