Sessão que discutiria Código Florestal fica para dia 14

A sessão da Comissão Especial de Meio Ambiente, que discutirá alterações no Código Florestal, foi adiada de hoje para a próxima quarta-feira, dia 14, segundo informou à Agência Estado a assessoria de imprensa do deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS). De acordo com a assessoria, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP) respondeu hoje à questão de ordem levantada ontem pelo deputado Sarney Filho (PV-MA) de que a comissão deveria ser formada por representantes de todas as comissões permanentes da Casa.

Agência Estado |

Sarney Filho presidiu a sessão de ontem porque era o deputado presente com maior número de mandatos. Ele encerrou a reunião alegando que havia falta de consenso à respeito da composição da comissão. Temer teria indeferido a questão de ordem, segundo a assessoria de Heinze, argumentando que a regra prevê a representatividade de apenas metade dos membros provenientes das comissões permanentes.

Ontem, a sessão foi finalizada pela terceira vez consecutiva sem que houvesse avanço. Enquanto ambientalistas alegam serem minoria na comissão especial, os ruralista têm pressa em alterar o Código Florestal vigente porque a partir de 11 de dezembro começarão a vigorar as sanções aos produtores que estiveram em desconformidade com a lei.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG