Servidores protestam por plano de carreira em Brasília

Cerca de 400 servidores públicos se reuniram hoje na entrada do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede provisória da presidência da República, em Brasília, para uma manifestação. Eles exigem a reabertura das negociações com o governo federal para que seja estabelecido um plano de carreira para a categoria, nova tabela salarial, definição de uma data-base e profissionalização do serviço público.

Agência Estado |

Um grupo de servidores foi recebido pela assessoria do presidente.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que retornou à capital depois de cancelar a viagem que faria a Governador Valadares, Uberaba e Uberlândia, em Minas Gerais, por causa do mau tempo, está no Palácio da Alvorada e, por isso, não viu a manifestação. A assessoria do Planalto informou que Lula vai cumprir agenda no CCBB à tarde.

A vice-presidente da Central Única dos Trabalhadores do Distrito Federal (CUT-DF), Cleusa Cassiano, declarou que a categoria "exige" a reabertura das negociações e afirmou que o Ministério do Planejamento "não está resolvendo o problema" dos servidores. "Viemos cobrar do presidente Lula e aguardamos os resultados desta negociação para deliberarmos pela greve, caso não sejamos atendidos, na plenária da confederação no sábado", disse ela, lembrando que, por enquanto, eles vão montar um acampamento em frente à entrada do CCBB.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG