Servidores protestam contra Mendes por reajuste

Servidores do Judiciário Federal do Estado de São Paulo fizeram hoje manifestação em frente ao prédio da Defensoria Pública da União, no centro da capital paulista, para protestar contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes. Aos gritos de A luta continua, Gilmar a culpa é tua, os técnicos do Judiciário, que estão em greve desde 19 de novembro, reivindicam que o ministro envie ao Congresso Nacional o projeto de lei que reajusta os salários dos servidores.

Agência Estado |

De acordo com Michele Naneti, representante do sindicato da categoria, o projeto de lei está pronto desde a metade do ano, mas até agora não foi enviado ao Legislativo.

De acordo com Michele, o último reajuste de salários dos servidores ocorreu em 2005 e foi parcelado em dois anos. "Desde 2006 temos discutido o reajuste salarial. A proposta ficou pronta no meio do ano e até agora não temos uma decisão."

O ministro Gilmar Mendes irá hoje à Defensoria Pública para realizar uma palestra a respeito de execuções penais. O evento deveria ter começado há duas horas, mas, de acordo com os organizadores, Mendes teve problemas de agenda e deverá chegar em São Paulo no fim da tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG