Servidores penitenciários realizam manifestação em Presídio de Salvador

SALVADOR - Os servidores penitenciários da Bahia realizaram manifestação em frente ao Complexo Penitenciário Lemos Brito na manhã desta segunda-feira. De acordo com informações do Coordenador Geral do Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia (Sinspeb-BA) Luis Alberto Souza, participaram cerca de 200 agentes e funcionários do setor administrativo. A greve se ampliou. Presídios de outras cidades baianas estão aderindo à paralisação. Hoje não entrou ninguém para trabalhar, afirma Luis Alberto, dizendo ainda que em Salvador seis unidades do sistema prisional estão com suas atividades paradas: O Complexo Penitenciário Lemos Brito, Presídio Salvador (antiga casa de detenção), Presídio Feminino, Centro de Observação Penal, Unidade Especial Disciplinar e a Central Médica Penitenciária.

Agência Nordeste |

"Passaram-se dois anos e a Bahia não teve avanço na área prisional. Duas rebeliões aconteceram com nossos agentes sendo ameaçados", relatou. Eles pedem a realização de concurso público, melhoria na segurança das penitenciárias e a redução da carga horária de 48h para 36h. 

Leia mais sobre: greve da polícia civil

    Leia tudo sobre: greve da polícia civil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG