Servidores não cadastrados deixam de receber a partir de hoje, diz Heráclito Fortes

BRASÍLIA ¿ O primeiro secretário da Mesa Diretora do Senado, Heráclito Fortes (DEM-PI), afirmou nesta terça-feira que os cerca de 80 servidores que ainda não se recadastraram no ¿censo¿ do Senado deixarão de receber seus salários a partir de hoje. ¿Os que não iniciaram o processo de recadastramento, após 60 dias de prazo, terão, a partir de hoje, os salários suspensos¿, garante.

Camila Campanerut, iG Brasília |

Nas contas do parlamentar, 358 funcionários já iniciaram o processo de recadastramento, mas não terminaram e entre 78 e 88 nem começaram.  Esse primeiro grupo terá um prazo extra de 15 dias para regularizar a situação. O recebimento das informações dos trabalhadores do Senado via intranet terminava nesta última segunda-feira.

Questionado se a suspensão do salário contraria a lei 8.112, o senador alegou que a Mesa Diretora pode suspender o salário, mas não exonerar o servidor não cadastrado. 

Corte é a única medida possível de tomar para saber o que aconteceu com esse pessoal. Eu temo que tenha alguém que já nem vivo esteja. Daí a necessidade que tivemos de realizar esse censo, para corrigir essas distorções, explica o senador.

Na última sexta-feira, a Secretaria de Recursos Humanos do Senado informou, por nota, que dos 828 servidores que não participaram, 663 iniciaram o preenchimento do formulário do censo, mas não o concluíram; e outros 165 nem começaram. O Senado conta com cerca de 6 mil servidores, entre comissionados e efetivos.

Leia mais sobre: Senado

    Leia tudo sobre: senado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG