Servidores da Justiça de SP decidem sobre greve dia 17

Os servidores do Poder Judiciário de São Paulo farão um ato público na quarta-feira da semana que vem para decidir se entram em greve. O sindicato da categoria espera reunir cerca de 5 mil servidores de todo o Estado na manifestação, que será realizada na Praça João Mendes, centro da capital paulista.

Agência Estado |

Um dia antes, na terça-feira, serão realizadas as assembleias regionais.

Desde abril os servidores realizam a chamada operação-padrão, em que, durante o horário de expediente, explicam as reivindicações à população que usa os serviços do Judiciário. Em campanha salarial desde fevereiro, os funcionários reivindicam reposição salarial de 14,69%, cumprimento da data-base da categoria (março), ampliação dos auxílios-saúde, alimentação e transporte, aprovação do plano de carreira pela Assembleia Legislativa e contratação de novos trabalhadores.

De acordo com a assessoria da Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, há déficit de 15 mil funcionários no Estado. Em 2004, data da última paralisação, os servidores realizaram a mais longa greve do Judiciário paulista, com duração de 91 dias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG