Servidora pública é presa com cocaína no RN

Uma servidora pública do município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, foi presa em flagrante por porte de droga pela Polícia Federal na madrugada desta quinta-feira. De acordo com a PF, Flávia Tazia de Araújo, de 34 anos, foi detida quando chegava em casa de táxi após desembarcar no Aeroporto Augusto Severo trazendo junto ao corpo, sob a roupa de ginástica, um pacote plástico contendo pouco mais de 1 quilo de cocaína em pó.

Agência Estado |

A prisão de Flávia foi resultado de um trabalho conjunto entre a PF do Rio Grande do Norte e a do Acre. Além da droga, foram apreendidos também um aparelho celular e R$ 450 em dinheiro. Na sede da superintendência da PF, Flávia, que receberia R$ 1.500 pelo transporte da droga, declarou durante o interrogatório que a cocaína apreendida em seu poder pertence a um homem que ela conheceu no mês passado na Praia do Meio, em Natal, mas que "não sabe o seu verdadeiro nome".

Ainda segundo a acusada, esse mesmo homem financiou a sua viagem de avião para o Acre no último dia 3, onde adquiriu a droga de um traficante cujo nome também desconhece, na Praça do Palácio, no centro de Rio Branco. Caso seja condenada, Flávia poderá pegar de 5 a 15 anos de reclusão. Em 2008, já são 12 mulheres presas em flagrante pela Polícia Federal traficando drogas no Estado.

Mato Grosso do Sul

O ciclista Sérgio Zeleznhar da Silva, de 27 anos, foi detido na rodovia BR-463, no Mato Grosso do Sul, acusado de tráfico de drogas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o homem levava 43,6 quilos de maconha na garupa da bicicleta quando foi abordado na altura do km 25, na região de Ponta Porã. Ele foi encaminhado à Polícia Federal.

    Leia tudo sobre: cocaína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG