Servidor público é suspeito de abusar de crianças em SP

A Delegacia de Defesa da Mulher de Jundiaí, a 60 quilômetros de São Paulo, investiga suposto caso de abuso sexual de duas meninas, com 9 e 11 anos. O suspeito é um funcionário público de 49 anos, marido da avó de uma delas.

Agência Estado |

Segundo informou a titular da delegacia, Fátima Giassetti, um laudo apresentado pelo Instituto Médico Legal (IML) da cidade no início da semana apontou "conjunção carnal em data não-recente no caso da vítima de 11 anos. No caso da mais nova não há os mesmos sinais", afirmou a delegada.

Em depoimento, ambas as meninas relataram abusos quando estavam na casa do casal. Elas disseram nunca ter falado nada a ninguém por medo e vergonha. Ambas afirmaram nunca ter visto o suspeito nu ou seminu. A mãe da garota de 11 anos disse que sua filha não quer mais ir à escola nem sair de casa, e tem recebido acompanhamento de psicóloga e assistente social da prefeitura.

"A vontade que dá é de acabar com alguém que faz isso com uma criança, de tanta raiva que a gente fica", afirmou a mãe da vítima. Segundo informações da delegacia, as garotas disseram que o suspeito as abordava havia cerca de um ano. Ao atender o telefonema da reportagem e ser informado de que falava com um repórter, o suspeito desligou e não atendeu mais às ligações.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG