Serra sugere certificado a promotor de direitos humanos

O governador José Serra (PSDB) defendeu hoje a criação de um sistema nacional de certificação de empresas promotoras dos direitos humanos, em evento realizado hoje na capital paulista e que reuniu empresários, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), além de outras autoridades, em torno do tema Direitos Humanos e inclusão social nas empresas. Deveríamos montar uma espécie de sistema nacional de certificação de empresas promotoras de direitos humanos, defendeu.

Agência Estado |

Além dessa sugestão, o governador também defendeu a criação de um cadastro dos chamados "violadores dos direitos humanos". Contudo, disse que seria necessário realizar isso com muito cuidado "pela arbitrariedade que esses indicadores negativos poderiam trazer." No evento, promovido pelo Instituto Ethos e pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos, Serra citou as ações de sua administração no setor da inclusão social e disse que "não é caridade nenhuma" empregar, por exemplo, pessoas com necessidades especiais. "Apenas no Metrô e na CPTM, por exemplo, estamos investindo mais de R$ 80 milhões para receber as pessoas portadoras de necessidades especiais."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG