Serra: SP irá cooperar com plano habitacional de Lula

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse hoje que o Estado vai cooperar com o Plano Nacional da Habitação, o chamado Minha Casa, Minha Vida. Temos todo o interesse que o programa ande, afirmou Serra após evento da Secretaria do Estado da Habitação na capital paulista.

Agência Estado |

O titular da pasta, Lair Krähenbühl, assina amanhã com a direção da Caixa Econômica Federal (CEF), executora do programa, um termo de adesão ao plano.

O Minha Casa, Minha Vida é apadrinhado pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência em 2010 para o lugar de Luiz Inácio Lula da Silva - Serra é o presidenciável mais cotado do PSDB. O plano nacional, lançado dia 25 de março, prevê convênios do governo federal com Estados e municípios para a construção de 1 milhão de moradias. A meta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não tem prazo para ser atingida.

São Paulo adere ao programa mais de um mês após o lançamento do plano. Segundo o governador, a parceria "tem seu ritmo normal" e as notícias de que o Estado não participaria do Minha Casa, Minha Vida são "ficção". Desde o lançamento do programa, Serra vinha evitando comentar a iniciativa do governo federal. No último dia 16, no Fórum Nacional de Secretários da Habitação, o secretário Lair havia pedido que o governo federal repassasse recursos direto aos Estados, e não a construtoras, como prevê o Minha Casa, Minha Vida.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG