Serra se recusa a comentar absolvição de Palocci

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB) não quis comentar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de arquivar as denúncias de envolvimento do deputado e ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci (PT), com a quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa. Não tenho nada a comentar.

Agência Estado |

Foi uma decisão da Justiça", disse o governador após inaugurar um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Praia Grande, na Baixada Santista. Questionado a respeito de uma mudança no cenário eleitoral para o Governo de São Paulo em 2010 e na possibilidade de o PT investir na candidatura de Palocci para o Palácio dos Bandeirantes, Serra respondeu que ele e o PSDB não estão preocupados com isso.

Após a inauguração do ambulatório, Serra discursou na 7ª Conferência Nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT) , que acontece no município. Ao saber que os sindicalistas discutiriam a crise do Senado durante o encontro, Serra afirmou ser um aliado. "Vocês estão combatendo quem? Os políticos? Vocês estão combatendo os maus políticos e tudo que é ruim a gente deve combater, sindicalistas, políticos. Me considero um aliado dos bons sindicalistas, por isso aliado da UGT", disse o governador, arrancando aplausos da plateia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG