Serra promete computador para 2,5 mil escolas este ano

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), prometeu hoje instalar salas de informática em 2,5 mil escolas estaduais até o final deste ano. O secretário de Educação, Paulo Renato Souza, garantiu ainda que, até o final da gestão Serra, em 2010, todas as 3,8 mil escolas de Ensino Médio do Estado terão computador.

Agência Estado |

O anúncio da expansão do programa Acessa Escola foi feito hoje na Escola Estadual Luiz Gonzaga Pinto e Silva, no Jardim São Luiz, periferia da capital.

As salas de informática já existem em 518 escolas da capital. O custo do projeto, até o final do ano que vem, é de R$ 73 milhões. O governo aluga computadores, com a manutenção e assistência técnica incluídos, e paga uma bolsa para que estudantes sejam monitores do laboratório. "Com o estagiário, (o espaço) não fica sujeito às restrições de horário associadas a funções do funcionalismo público", disse Serra. "O projeto é excelente para todos os alunos e monitores", elogiou o estagiário Dario Lima.

O governador foi recebido com festa por cerca de 200 alunos e funcionários da escola, animados pelo locutor do evento. Minutos antes da chegada do governador e do secretário, o locutor do governo pedia ao microfone uma "recepção muito calorosa" aos convidados. Assim que pisou na escola, Serra parou no portão para conversar sobre futebol com um grupo de estudantes.

Paulo Renato aproveitou o clima e prometeu aumentar o número de computadores na sala dos professores de "todas as escolas" do Estado. Ele contou ter ouvido reclamações dos docentes da escola, que têm apenas dois computadores à disposição. "É pouco", disse o secretário. "Vamos ampliar os computadores na sala dos professores em todas as escolas."

O governador contou que aprendeu a mexer no computador com 61 anos, há seis anos. "Eu tinha medo de ficar escravo do computador, o que já aconteceu. Sou 'computador-dependente'," brincou. Serra cobrou, no microfone e diante da plateia, que a Secretaria da Educação integre "rápido" o Acessa Escola ao Portal da Juventude, site do governo do Estado com conteúdo voltado aos jovens.

Poupança

Serra evitou comentar o anúncio feito ontem pelo governo federal das novas regras para a caderneta de poupança. Crítico contumaz dos juros altos, Serra disse apenas: "Duas coisas são importantes no Brasil: ter uma poupança protegida e ter juros menores." Questionado se concordava com a medida, o governador disse que a discussão cabe ao Congresso, que votará a proposta do Executivo. "Vamos acompanhar."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG