A arrecadação do Estado de São Paulo de janeiro a abril caiu 0,3% em termos reais em relação ao mesmo período de 2008, informou hoje o governador José Serra (PSDB). A receita ficou R$ 1,3 bilhão abaixo do previsto no Orçamento.

"É um número muito significativo", disse. Serra afirmou estar preocupado com o dado. "Vamos ter de ir ajustando as despesas." Segundo ele, a expectativa é de que a arrecadação possa melhorar a partir de maio.

Serra disse que a queda na receita prevista do Estado pode ocasionar ajustes no custeio da máquina administrativa, mas não vai impactar os investimentos públicos planejados para este ano. Isso porque os recursos para investimentos em São Paulo provêm de outorgas de estradas, de financiamentos e da venda do Banco Nossa Caixa ao Banco do Brasil. "Vamos levando devagar porque a ideia é fazer algo racional."

Nesse cenário, o governador descartou qualquer nova despesa não prevista no Orçamento. "O governo não tem condições de brincar em serviço", disse. "Despesa não prevista não vai ser feita porque significaria cortar outra coisa. A gente não imprime dinheiro, diferente do governo federal."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.