Serra não deve antecipar decisão, diz Madeira

O deputado tucano Arnaldo Madeira (SP) afirmou que a decisão do governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), de anunciar a desistência de sua pré-candidatura à presidência da República não deve alterar a posição do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), de apenas decidir se será candidato ao cargo em março do próximo ano. Madeira ressaltou que a decisão de Aécio fortalece o partido.

Agência Estado |

"Ele deve mergulhar na política de Minas Gerais com a preocupação em eleger o próximo governador e aumentar a bancada federal", disse.

O tucano argumentou que a preocupação de Serra, no momento, é em governar São Paulo. "Serra deve manter a posição dele de não tomar uma decisão antes do prazo que a Justiça Eleitoral determina", disse Madeira.

A desistência de Aécio à pré-candidatura à presidência aumenta a especulação e a expectativa de partidos aliados ao PSDB de uma eventual chapa puro-sangue formada por Serra e Aécio, na vice. Essa chapa reuniria os dois maiores colégios eleitorais do País e teria um cacife maior na disputa à sucessão de Lula. "Vice não é discussão para agora. Essa questão só se dará entre abril e junho do próximo ano", disse o tucano.

    Leia tudo sobre: aécio nevespsdbserra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG