Serra mantém liderança em pesquisa para a presidência

Pré-candidato do PSDB à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governador de São Paulo, José Serra, mantém a liderança na disputa, seguido pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, do PT, e pelo deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE). De acordo com pesquisa do Instituto Datafolha, o tucano tem 37% das intenções de voto, um ponto porcentual a menos do que no levantamento anterior do mesmo instituto.

Agência Estado |

Nesse caso, trata-se de resposta estimulada, em um cenário com Serra, Dilma e Ciro. Dilma vem logo a seguir com 16% e Ciro tecnicamente empatado com ela, com 15%. Heloísa Helena, do PSOL, aparece a seguir, com 12%. Brancos, nulos e nenhum dos candidatos têm porcentual de 12% e não sabe, de 7%.

O quadro é demonstrado pela pesquisa do Instituto Datafolha, publicada na edição de domingo do jornal 'Folha de S.Paulo'. Segundo o levantamento, esta é a primeira vez que a ministra permanece estável entre uma e outra pesquisa.

Nesta edição, aparece pela primeira vez a senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (PT-AC), que foi convidada pelo PV para disputar a presidência da República pelo partido, mas ainda não se decidiu. Ao menos por enquanto, no entanto, a entrada dela na disputa não provocou alteração nos índices dos líderes. Ela atinge 3% das intenções de voto.

Em um cenário com Serra, Dilma e Marina, o governador paulista segue na frente com 36%, seguido pela ministra da Casa Civil, com 17%, Ciro, com 14%, Heloísa Helena, com 12%, e Marina Silva, com 3%. Branco e nenhum chegam a 11% e não sabe, a 7%.

Já em um cenário com Aécio Neves (PSDB), governador de Minas Gerais, no lugar de Serra, Dilma e Ciro, o deputado federal assume a ponta. Ciro tem 23%, seguido por Dilma, com 19%, Heloísa Helena, com 17%, e Aécio, com 16%.

Um cenário com Aécio, Dilma e Marina, por sua vez, mostra Ciro Gomes na frente com 21%, Dilma, com 19%, Heloísa Helena, com 17%, Aécio, com 15%, e Marina Silva, com 3%. Em branco e nenhum são 16% e não sabe, 8%.

A diferença entre Dilma e Serra, que já esteve em 35 pontos porcentuais em março de 2008, quando a ministra largava com 3%, caiu de 22 para 21 pontos em relação à última pesquisa.
A menor diferença entre o tucano e Dilma, de acordo com a pesquisa, ocorre entre os eleitores das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste. Em compensação, no Estado de São Paulo, Serra leva ampla vantagem diante da petista. No Nordeste, para onde tem viajado muito nos últimos tempos, Serra tem 31% das intenções de voto ante 18% da ministra. Em São Paulo, por sua vez, o governador tem 51% e Dilma apenas 11%.

Marina e Ciro

O diretor-geral do Datafolha, Mauro Palino, considera que, ao menos no momento, Marina não ameaça os líderes em intenções de voto. "A senadora ainda não é reconhecida como potencial candidata. Ciro tem muito mais potencial do que ela no momento", analisou Paulino.

Ciro, por sua vez, assume a ponta nos dois cenários em que Serra não é testado, com 23% e 21%. O deputado já avisou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pretende se candidatar ao Planalto, mas Lula chegou a sugerir várias vezes que ele se candidatasse como representante da base governista ao governo estadual paulista, numa tentativa de derrotar os tucanos.

Realizado entre os dias 11 e 13 deste mês, o levantamento tem margem de erro de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG