Serra lança empresa de turismo em SP e critica política cambial

SÃO PAULO (Reuters) - A poucos dias de anunciar sua pré-candidatura à Presidência, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), criticou nesta quinta-feira a política cambial do governo e culpou a hipervalorização do real pela estagnação do setor turístico brasileiro. A política cambial mega, hiper valorizada torna o turismo no Brasil caro, muito caro. E torna o turismo do brasileiro no exterior barato, muito barato, disse Serra durante lançamento de empresa que promoverá o turismo no Estado.

Reuters |

Serra lembrou que o Brasil tem um déficit de 5,5 bilhões de dólares em gastos de turistas.

"O número de turistas estrangeiros no Brasil é o mesmo do início da década", disse Serra a jornalistas. "O turismo no Brasil é uma atividade estagnada... é um problema de diversas naturezas, inclusive cambial."

Apesar da crítica, Serra evitou usar o tema como tema para debate eleitoral. "Se vocês quiserem discussão eleitoral, a gente faz outra hora".

(Reportagem de Hugo Bachega)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG