PAC para estimular economia paulista - Brasil - iG" /

Serra lança PAC para estimular economia paulista

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), anuncia amanhã um pacote de medidas para estimular a economia paulista, desonerar investimentos e preservar empregos. Na prática, o pacote será uma espécie de Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo paulista, seguindo a linha que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem adotando no âmbito federal, reafirmando o papel do Estado como agente indutor dos investimentos e do crescimento econômico, sobretudo num momento de acirramento da crise financeira global.

Agência Estado |

Além dessa semelhança, os programas têm no comando os dois principais nomes à sucessão presidencial de 2010, a ministra Dilma Rousseff (PT) e o tucano José Serra, ambos alinhados com o pensamento desenvolvimentista.

A ideia do governador paulista é antecipar para o primeiro semestre deste ano o maior volume possível de desembolso dos recursos orçamentários de R$ 20,6 bilhões previstos em investimentos para 2009 e transformar esse potencial em empregos. Antes de concretizar o plano, Serra pediu aos órgãos e secretarias de sua administração um diagnóstico dos investimentos, obras e desembolsos que poderiam ser realizados já no primeiro semestre, período apontado por analistas como o mais crítico da crise financeira, que já afeta duramente São Paulo, o Estado mais industrializado e que concentra o maior contingente de mão de obra do País.

O "PAC de Serra" está sendo apontado nos bastidores como mais um avanço do governador paulista no tabuleiro da disputa interna que vem sendo travada no PSDB para a escolha do candidato que irá representar a legenda na campanha presidencial de 2010. Um tucano ligado ao governador paulista resumiu o impacto que essa ação deverá ter nessa disputa: "Enquanto Aécio (Aécio Neves, governador de Minas Gerais, que trava com Serra a disputa pela vaga presidencial da legenda nas próximas eleições) se preocupa com as prévias para a escolha do candidato, Serra está preocupado com questões maiores e de impacto para todo o País, como o combate à crise econômica e a geração de empregos." A íntegra da reportagem estará na edição desta quinta-feira, 12, de O Estado de S.Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG