Serra faz corpo a corpo durante desfile do Galo da Madrugada

Depois de ter feito um corpo a corpo acompanhando no chão a multidão que brinca no Galo da Madrugada, o governador José Serra sai agora para o aeroporto em direção a Salvador. Estou felicíssimo, disse ele, afirmando que o carnaval de rua de Pernambuco é imbatível.

Agência Estado |

Ele ficou satisfeito com a receptividade da população, embora tenha afirmado não ter ouvido alguns populares, que gritaram Dilma à sua passagem.

Ele disse não ter sentido medo da multidão. "Nunca tenho medo do povo". Ele chegou do carnaval de São Paulo de madrugada, descansou no hotel Atlante Plaza, na praia de Boa Viagem, e às 11 horas seguiu de ônibus para o desfile do Galo, acompanhado dos senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB), Sérgio Guerra (presidente do PSDB) e Marco Maciel (DEM), além do governador de Alagoas Teotônio Vilela, do deputado federal Jutahy Magalhães (PSDB), entre outros políticos.

Serra caminhou cerca de 150 metros do ônibus até o camarote, tendo boa receptividade. Várias pessoas o cumprimentaram, acenaram e chamaram pelo seu nome, enquanto outros gritaram o nome de Dilma. Quando chegou ao camarote, o desfile do Galo já havia saído há cerca de meia hora e ele não viu os carros alegóricos da abertura. No momento em que chegou, passava o trio com Fafá de Belém.

No camarote, ele falou com a imprensa pela primeira vez, evitando qualquer assunto relacionado à política. Indagado por um repórter se estava em campanha, Serra respondeu que se estivesse, pediria o voto dele.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG