Serra escolhe 2º da lista tríplice para reitor da USP

O jurista e diretor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, João Grandino Rodas, é o novo reitor da Universidade de São Paulo (USP). Ele ficou em segundo lugar nas eleições realizadas na quarta-feira na instituição, mas era o candidato preferido do governador José Serra (PSDB).

Agência Estado |

Essa foi a primeira vez desde a ditadura militar que um governador não escolheu o primeiro da lista tríplice para reitor.

A escolha está publicada hoje no Diário Oficial. A lista tríplice foi entregue oficialmente ao governador no início da noite de ontem pela reitora Suely Vilela e pelo secretário de Ensino Superior, Carlos Vogt. Por volta das 21 horas, Serra já tinha decidido. Também à noite, em uma missa na Igreja do Largo São Francisco, o padre já anunciava o nome do reitor.

O primeiro colocado nas eleições, o cientista Glaucius Oliva, foi apoiado pela reitora. Desde o fim das eleições na USP, Serra vinha sendo aconselhado a escolher Rodas. A avaliação no governo era a de que a decisão não traria grande prejuízo político, já que Oliva venceu o pleito, mas não obteve a maioria dos votos. O terceiro foi Armando Corbani, pró-reitor e físico.

Rodas é bem visto por secretários e assessores do governo. Tem o apoio de nomes como Celso Lafer, Dalmo de Abreu Dallari e ex-reitores da universidade. A proximidade de Oliva com Suely - ele a ajudou em sua gestão - era o que mais pesava contra sua indicação. Serra não conhece bem o cientista e tinha poucas informações para atestar sua competência administrativa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG