Serra e Lula investem no ensino técnico de olho em 2010

De olho na corrida presidencial de 2010, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pretende eleger seu sucessor, e o governador de São Paulo, José Serra, potencial candidato do PSDB à disputa, travam uma batalha num campo até então pouco explorado: o ensino técnico e tecnológico. Em busca de um exército de milhares de estudantes, governos federal e estadual pretendem injetar bilhões de reais nos próximos dois anos na construção e na ampliação de escolas técnicas e faculdades tecnológicas.

Agência Estado |

Se o plano de ambos funcionar, essas instituições de ensino serão uma potência em 2010: alcançarão mais de 600 mil estudantes por meio de 602 unidades em todo o País - a maior parte em São Paulo. A título de comparação, há atualmente 180 mil alunos matriculados em unidades do governo federal e 122 mil em unidades estaduais.

Até 2009, Serra pretende investir R$ 907 milhões no setor - foram R$ 678 milhões em 2008. Lula, que já disse a assessores que quer fazer do ensino técnico federal uma vitrine da sua gestão, pretende fechar o seu segundo mandato com R$ 836 milhões investidos - do total, R$ 350 milhões foram gastos em 2007. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG