Os presidenciáveis José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) vão disputar, pela primeira vez, espaço na internet neste sábado. Na mesma hora em que o ex-governador de São Paulo lançar a sua candidatura à Presidência, em Brasília, o site do PT levará ao ar um debate com o presidente Lula e a ex-ministra da Casa Civil, na região do ABC paulista. Os dois eventos serão transmitidos ao vivo pelos sites dos partidos na parte da manhã, por volta das 11 horas.



Em São Bernardo do Campo, berço político de Lula, Dilma e o presidente se encontrarão m com representantes de seis Centrais Sindicais ¿ CUT, Força Sindical, UGT, CGTB, CTB e Nova Central. Em Brasília, no espaço Brasil 21, Serra espera mais de dois mil militantes do PSDB de todo o Brasil para festejar o seu anúncio.

Os partidos entraram com tudo na internet para alavancar as candidaturas dos presidenciáveis.  No evento tucano, vinte monitores de LCD vão exibir os twitters do ex-governador paulista e de líderes do PPS e do DEM. Haverá ainda 20 computadores para público twittar na hora. Serra é um dos políticos que primeiro aderiram ao Twitter. Costuma passar a madrugada falando com os seus seguidores, como são chamados os adeptos do microblog. O You Tube e os sites de relacionamento, como Orkut e Facebook, também terrão super exposição.

O congresso do PT, que homologou a candidatura de Dilma, também foi transmitido ao vivo pelo site do partido. Nesta semana, foi contratado o ex-diretor da Campus Party Marcelo Branco, que vai coordenar o uso das redes sociais na campanha. Marcelo vai trabalhar ao lado dos americanos Scott Godstein e Joe Rospars, responsáveis pela campanha de mídias sociais de Barack Obama, presidente dos EUA, e Andrew Paryze, especialista em marketing digital da Blue State Digital.

A empresa  pertence a Ben Self e foi contratada no ano passado pelo PT. Como chefe da campanha digital de Obama, Self foi essencial na criação de uma enorme base de apoio que ajudou a levar Obama à Casa Branca e levantar US$ 500 milhões para a campanha online do democrata, número recorde de doações. Marcelo disse que Self também fará parte da equipe, mas deve vir menos ao Brasil para reuniões.

Leia mais sobre: Serra - Dilma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.