Serra diz que não irá interferir em eleição no Senado

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou hoje que não irá interferir na disputa pela presidência do Senado a partir de 2009. O senador Tião Viana (PT-AC) pleiteia a presidência, mas os senadores do PMDB, partido com maior número de representantes na Casa, quer se manter no comando.

Agência Estado |

"O Tião (Viana) é um bom senador, meu amigo pessoal, mas eu não estou me metendo na disputa no Senado", afirmou o governador paulista.

Serra esteve reunido hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no Palácio do Planalto. O principal assunto da pauta foi a proposta da reforma tributária em debate no Congresso. Para o governador de São Paulo, a proposta em tramitação no Legislativo tem "muitas deficiências".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG