Serra diz que houve falha em obra do Rodoanel e pede investigação

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, José Serra, afirmou neste sábado que houve falha na obra do trecho sul do Rodoanel Mário Covas, depois que três vigas caíram em veículos que trafegavam pela rodovia Régis Bittencourt, no sentido Paraná-São Paulo, na altura do quilômetro 279, em Embu, na Grande São Paulo, e feriram três pessoas. Evidentemente houve falha e isso vai ser investigado, disse o governador.

Redação |

AE

Carreta e dois carros foram atingidos por vigas que caíram do Rodoanel

Em entrevista coletiva no local do acidente, Serra informou que todo o trecho da obra passará por uma inspeção e que ficou aliviado pelo acidente não ter causado mortes. "A minha grande angústia era que houvesse vítimas fatais, mas não há", disse.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, um homem de 38 anos, que as informações iniciais davam conta de que estava em estado grave, na verdade, sofreu uma fratura no punho esquerdo. Ele passou por cirurgia na madrugada e segue internado no Hospital Geral de Itapecerica da Serra.

Outra vítima, um homem de 40 anos, foi submetido a exames, passa bem e está em observação no Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra, conforme a pasta. A terceira pessoa ferida, uma mulher, foi medicada e já deixou o hospital.

Investigação

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e o Instituto de Criminalística de São Paulo (IC) começaram neste sábado a investigação sobre o acidente nas obras do Trecho Sul do Rodoanel. A informação foi confirmada pelo Secretário de Estado dos Transportes, Mauro Arce, durante entrevista coletiva à imprensa.

Segundo Arce, ainda é prematuro dizer o que causou o acidente, mas quando os motivos forem esclarecidos, os culpados serão responsabilizados.

Com relação à segurança das outras pontes e viadutos do Rodoanel, o secretário afirmou que nenhuma das 2 mil vigas já colocadas na obra apresentou defeito. Em pontes e viadutos já terminados têm passado pesados veículos das empreiteiras sem nenhum problema, disse.

O secretário ressaltou que a obra é extremamente complexa, mas o prazo de entrega será mantido em 135 dias.

Em nota, a empresa Rodoanel Sul-5 Engenharia Ltds, responsável pela obra, disse estar averiguando as causas do incidente. "Esclarecimentos serão prestados à medida que os fatos forem apurados", diz o texto.

Em nota, a empresa Rodoanel Sul-5 Engenharia Ltds, responsável pela obra, disse estar averiguando as causas do incidente. "Esclarecimentos serão prestados à medida que os fatos forem apurados", diz o texto.

Pista liberada

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, a pista sentido São Paulo foi liberada às 9h50 deste sábado. Por volta das 11h, a polícia ainda registrava lentidão de cerca de 1km no local. A pista no sentido Sul do País fluia normalmente.

O acidente

Na noite de sexta-feira, por volta de 21h, as vigas caíram em cima de um caminhão e dois carros que trafegavam na rodovia Régis Bittencourt, próximo ao km 279, altura de Embu. Segundo a concessionária Autopista, quando as vigas de sustentação caíram, a pista tinha fluxo intenso.

Funcionários da Dersa, equipes do Corpo de Bombeiros e agentes da concessionária Autopista seguem no trabalho de retirada dos escombros e de limpeza da pista. A única viga que não chegou a cair do viaduto foi retirada durante a madrugada, pois havia o risco de desabamento.

Até as 6h45 deste sábado, o motorista que seguia no sentido PR-SP ainda enfrentava cerca de 5 quilômetros (do 280 ao 285) de congestionamento e realizava desvio no quilômetro 280, passando por dentro do município de Embu.

Segundo a concessionária, a pista no sentido contrário não apresentava lentidão. Não há previsão de liberação total da pista onde ocorreu o acidente.


Visualizar Obra do Rodoanel cai na pista da Régis  em um mapa maior


(*com informações da Agência Estado)

Leia também

Leia mais sobre acidente no Rodoanel

    Leia tudo sobre: acidenteobrasrodoanel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG