volúpia de centralização do governo - Brasil - iG" /

Serra critica volúpia de centralização do governo

O governador de São Paulo, José Serra, principal nome do PSDB para a disputa presidencial de 2010, atacou ontem a decisão do governo de não incluir no projeto de Orçamento para o próximo ano os recursos da Lei Kandir. Referia-se à compensação para Estados e municípios pela não-tributação de produtos primários e semifaturados voltados à exportação.

Agência Estado |

"Há um processo no Brasil de centralização que é inconveniente para o desenvolvimento nacional", criticou. Para ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva adota uma política que enfraquece Estados e municípios, classificados como os principais agentes de investimento do País, ao centralizar receitas. "É a volúpia de centralização."

Depois de inaugurar mais uma das 21 Escolas Técnicas (Etecs) do governo estadual, uma das principais marcas do governo do PSDB no Estado, Serra entrou no assunto. "Quero chamar a atenção para uma questão nacional da nossa preocupação com relação à não inclusão de recursos da Lei Kandir no Orçamento." Segundo ele, a decisão representa perda para os Estados e municípios.

"É pegar o dinheiro. É esse processo de centralização que tem no Brasil. Estados e municípios são responsáveis por mais de 70% dos investimentos em obras públicas. São os que sabem investir e que investem com mais rapidez e são os que não tem recursos. Não se justifica, esse corte."

Ele avisou que a oposição vai se mobilizar no Congresso para "corrigir essa distorção". "É uma distorção que prejudica o conjunto dos Estados brasileiros. E é muito importante em um momento de crise que a gente possa ter as receitas preservadas." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG