Serra congela R$ 1,57 bilhão do orçamento de SP

SÃO PAULO - Sem saber ainda o impacto da crise financeira internacional na arrecadação em 2009, o governo paulista determinou o congelamento de R$ 1,57 bilhão de seu orçamento. Ficaram isentas da retenção de recursos somente as Secretarias de Saúde, Educação, Segurança Pública e Administração Penitenciária.

Agência Estado |

O contingenciamento é preventivo e representa 1,3% do orçamento estimado para o Estado neste ano, de R$ 118,2 bilhões. Se considerar as despesas com custeio, excluídos investimentos e pessoal, esse índice sobe para cerca de 20%.

A área de transportes, que comanda projetos estratégicos do governo José Serra, foi uma das menos atingidas pela medida. A pasta de Transportes Metropolitanos teve apenas 1,24% de seu orçamento congelado - R$ 48,3 milhões dos R$ 3,9 bilhões previstos. Na Secretaria de Transportes a retenção não chegou nem a R$ 1 milhão.

O contingenciamento foi oficializado na quarta-feira em publicação no Diário Oficial. Segundo a Secretaria da Fazenda, a medida é comum em todo início de ano, mas desta vez se faz mais necessária ainda diante da crise. O sinal amarelo já acendeu no governo. Em dezembro, a arrecadação ficou abaixo do que se esperava. Na avaliação da equipe econômica, é uma amostra do que pode ocorrer neste ano. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: orçamento

    Leia tudo sobre: orçamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG