Serra comemora aniversário em cima de palanque

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), comemorou hoje seu aniversário em cima de um palanque, cercado por 30 crianças e ao lado de seu afilhado político, o prefeito da Capital, Gilberto Kassab (DEM). Graças ao prefeito, o evento no Parque Villa Lobos para lançamento de um programa de educação ambiental foi palco de uma comemoração pelos 67 anos do governador, com direito a Parabéns a você e presente.

Agência Estado |

Após falar por um minuto e meio sobre ecologia, Kassab usou o resto de seus três minutos de discurso para homenagear o aniversariante. "Tenho certeza de que interpreto o sentimento de todos desejando um aniversário muito feliz para o governador", disse. Serra ficou ruborizado.

Kassab, que já declarou sonhar em ver Serra presidente em 2010, desejou saúde ao padrinho político. "Desejamos ao nosso querido governador muita saúde, muitas felicidades, que ele tenha muita energia ainda para cumprir tantas missões que tem pela frente na vida pública".

O tucano disputa com o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, a indicação do PSDB para concorrer à Presidência em 2010. O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado tucano Barros Munhoz, entrou no clima: "Serra, você pode se considerar um homem feliz pois pode comemorar o seu aniversário melhorando a vida das pessoas." Em um discurso rápido mas inflamado, o deputado pediu a Deus que proteja o governador. "Que você continue sendo sempre o nosso paradigma, nosso líder e o nosso comandante."

Serra foi presenteado por duas crianças com uma sacola retornável, que substitui sacos plásticos na hora de ir às compras. O regalo ecologicamente correto foi providenciado pelo secretário de Meio Ambiente, Xico Graziano. O governador retribuiu o presente com abraços nas crianças.

Após a homenagem, Serra lançou mão do humor para abrir seu discurso. Reclamou de duas meninas que não lhe retribuíam "beijinhos" mandados do palco. Recorreu ainda à sua tática preferida para gerar empatia com plateias mirins: falar de times de futebol. Palmeirense, Serra disse aos corintianos que ficara feliz com o gol de Ronaldo pelo time alvinegro: "Todo mundo tem direito de ser feliz um dia." Enquanto isso, o tricolor Kassab balançava os braços e incitava os jovens a gritarem "São Paulo".

Ao discorrer sobre meio ambiente, Serra disse que é preciso pensar no futuro do planeta e mudar hábitos. E usou uma metáfora curiosa: "Temos de ter um olho no hoje e um olho no amanhã. Às vezes, a gente fica um pouco estrábico, mas é um estrabismo saudável".

Leia mais sobre: José Serra

    Leia tudo sobre: josé serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG