Serotonina explica insistência em se bronzear, diz especialista

Apesar de bem informados, os chamados “viciados” em sol insistem em passar horas se bronzeando mesmo sabendo sobre os riscos, como envelhecimento precoce e câncer de pele. Os problemas causados pela exposição contínua aos raios ultravioleta UVA e UVB e os cuidados a serem tomados - especialmente durante o verão - não são novidades para elas.

Agência Estado |

De acordo com a dermatologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Flávia Martteli, essa teimosia pode ser explicada pela serotonina.

Segundo a dermatologista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Flávia Martteli, o sol é um estimulante da produção de serotonina, um neurotransmissor responsável por levar os estímulos de um neurônio ao outro, também a responsável pela sensação de bem-estar. Por isso, sol e bem-estar são constantemente associados. “Tenho pacientes que não desistem de ter ‘cara de verão’ o ano inteiro”, diz Flávia.

Filtro solar e bom senso são recomendações simples dos especialistas, mas nem sempre fáceis de seguir. E se precaução não se compra nas farmácias, os filtros solares, com fatores de proteção variados, sim. Dos protetores em cápsulas a loções que protegem o DNA da pele contra os efeitos nocivos do sol, o bloqueio dos raios ultravioleta é medido pelo Fator de Proteção Solar (FPS).

Quando se usa um filtro com FPS 30, por exemplo, a pele deve levar 30 vezes mais tempo para ficar vermelha. “O ideal é que se reaplique a loção, no máximo, a cada duas horas”, explica Flávia. Para quem acredita que basta evitar o sol entre as 10h e as 16 horas para fugir de problemas, a dermatologista da Unifesp explica que para a proteção contra o câncer de pele isso está correto.

Porém, para evitar o envelhecimento precoce da pele, essa teoria não se aplica. Os raios UVA estão presentes o dia todo, não queimam nem deixam áreas vermelhas, mas são os principais causadores do envelhecimento precoce da pele. Já os raios UVB são mais intensos no verão, entre 11h e 15 horas, e são os principais responsáveis pelo câncer de pele.

Emilio Sant’Anna e Roberta Pennafort

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG